Setor de construção civil está otimista para os próximos seis meses

Indústria têm expectativas positivas com relação ao nível de atividade e compra de matérias-primas


Segmentos de construção de edifícios e obras de infraestrutura apresentaram maior confiança em fevereiro de 2022 - Crédito: Envato

Depois de projeções cercadas de um otimismo moderado para 2022, a indústria da construção civil demonstrou expectativas positivas para os próximos seis meses. Isto é o que mostra o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) por setor, da Confederação Nacional da Indústria (CNI).De acordo com os resultados apresentados, a confiança do segmento avançou de 55,8 pontos para 56,6 pontos entre janeiro e fevereiro de 2022.


Para chegar a este resultado, a instituição consultou 428 empresas, sendo 157 de pequeno porte, 183 de médio porte e 88 de grande porte.


Em comparação a janeiro de 2022, fevereiro destacou-se pelo avanço em índices como nível de atividade, número de empregados, compra de matérias-primas e novos empreendimentos.


Confira as expectativas para a indústria da construção civil em diferentes quesitos. Nível de atividade Dentre todos os índices, este foi o que apresentou maior avanço – inclusive atingiu a maior pontuação desde fevereiro de 2020 (antes da pandemia). Ao comparar os dois primeiros meses de 2022, a expectativa do nível de atividade subiu 1,2 ponto, chegando a 58,5 pontos.


Número de empregados Este foi o indicador que menos evoluiu no último mês. No quesito de expectativa de pessoas empregadas no setor, o índice aponta uma alta de 55,5 para 55,9 pontos ao comparar janeiro e fevereiro de 2022.


Compra de matérias-primas Com relação ao índice de expectativa de compra de insumos e matérias-primas, ele subiu 1,0 ponto, chegando a 56,9.


Novos empreendimentos Ao mesmo tempo, o índice de expectativa de novos empreendimentos também aumentou entre janeiro e fevereiro, chegando a 56,6, o que representa um crescimento de 0,8 pontos.


Percepção das condições correntes de seus negócios A percepção dos empresários da indústria da construção em relação às condições atuais dos seus negócios ficou menos negativa durante o segundo mês do ano. No entanto, embora o índice tenha subido de 47,5 pontos para 49,6 pontos, ele segue abaixo da linha dos 50 pontos – o que ainda representa uma visão menos otimista.


Intenção de investir Desde o início da pandemia, este índice tem se apresentado bastante volátil. Em fevereiro de 2022, ele caiu 1,2 pontos, chegando a 43,6 pontos. Mesmo assim, se comparado a outros anos, ele ainda está acima da média histórica.


Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) Dentro do setor da Indústria da Construção, o ICEI avalia os seguintes segmentos: construção de edifícios, obras de infraestrutura e serviços especializados para a construção.


No primeiro deles, o índice de confiança subiu de 56,5 em janeiro para 58,1 em fevereiro. No entanto, se compararmos com este mesmo período de 2021, este valor estava mais alto, em 59,4. Para as obras de infraestrutura, o valor subiu de 54 para 55,2, ao comparar janeiro e fevereiro de 2022. Já em 2021 este índice era de 55,8. Por último, na parte de serviços especializados para a construção, entre janeiro e fevereiro, o índice de confiança caiu de 55,1 para 54,4. Em fevereiro de 2021, este valor estava em 56,8 pontos.


Fonte:https://www.cimentoitambe.com.br/massa-cinzenta/setor-de-construcao-civil-esta-otimista-para-os-proximos-seis-meses/
10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo