Isopores


Ambos são leves, isolantes térmicos, com alta capacidade de resistência a proliferação de microrganismos, boa resistência à umidade e à gordura, além de serem recicláveis. Porém o que muita gente não percebe é que existe uma diferença muito grande entre Isopores EPS e Isopores XPS.


A principal diferença entre os dois materiais é com relação ao seu processo de produção. Isso porque a forma que é produzida resulta no grau de coesão das partículas e, consequentemente, na permeabilidade do produto final.


O EPS é produzido a partir de pequenos flocos que passam por um processo de expansão por alta temperatura. Visualmente são observadas as típicas bolinhas unidas por toda a sua extensão. Esse material possui uma alta permeabilidade. Isso porque a água consegue passar facilmente nos espaços entre as “bolinhas”. Por causa disso, esse tipo de Isopor não deve ser usado em locais expostos.


Já o XPS, por sua vez, é obtido por meio de um processo de extrusão, onde são aplicados gases expansores. Nesse caso só conseguimos visualizar uma aparência uniforme e células bem fechadas, fato que dificulta a passagem de água. Por causa disso esse material é considerado impermeável, podendo ser utilizado em locais expostos a qualquer tipo de líquido.


Conclusão: Se você precisa de um material leve e resistente para o seu isolamento térmico os Isopores são uma boa solução. Caso o local de instalação seja bastante úmido ou tenha contato com a água é importante que esse Isopor seja do tipo XPS caso contrário poderá haver infiltrações. Nós da Isocom possuímos o Isopor ideal para atender às suas necessidades. Entre em contato com a gente!

0 visualização

+55-21-2622-1993

/

+55-21-99290-4251

whatsapp-transparente.png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

Clique aqui para receber nossas notícias e promoções