Consumo ou demãos, qual a maneira correta?


Esse é um assunto que muitas vezes gera confusão no dia a dia da impermeabilização por isso, é importante saber como calcular a quantidade de produto impermeabilizante, evitando gastos desnecessários, e obtendo o desempenho esperado do produto adquirido.


Uma dúvida muito comum na aplicação é o cálculo da quantidade adequada de um determinado produto, se deve ser feito através do consumo ou pelo número de demãos.


Para definir qual a maneira correta, primeiro é necessário entender o que é cada um desses métodos: consumo é a quantidade (quilos, litros etc.) de produto aplicado por m², sempre informado pelo fabricante, enquanto demãos é a quantidade de vezes que o produto pode ser aplicado, camada sobre camada até formar o filme final em uma determinada área.


Quando utilizado demãos a quantidade de produto aplicado pode variar por causa de diversos fatores como: tipo e estado da superfície, ferramenta utilizada e principalmente a variação da força exercida pelo executor, alterando assim a quantidade de produto aplicado, podendo ocorrer variações para mais ou para menos. Desta forma o correto é fazer o cálculo através do consumo, não ocorrendo assim variações na quantidade final do produto, formando um filme uniforme e com espessura apropriada.


Você sabe como fazer esse cálculo? O consumo recomendado do produto que será em kg/m², l/m², ou outras unidades de medida, dependendo de cada produto, deverá ser multiplicado pela área total a ser impermeabilizada (m²), obtendo assim a quantidade total de produto a ser utilizado.


Fica a dica: Não utilize demãos como referência, calcule a quantidade de produto impermeabilizante por m², utilize o consumo recomendado pelo fabricante ou profissional habilitado e evite gastos e desperdícios desnecessários!!


Fonte: Vanessa Lecy em https://www.denverimper.com.br/conteudo-tecnico/novidades/fica-a-dica/consumo-ou-demaos-qual-a-maneira-correta

3 visualizações0 comentário